06 janeiro, 2010

...nerds! Gather around!

Dias 22 e 23 de Março, no Pavilhão Atlântico, a Royal Philharmonic Concert Orchestra e coro do Reino Unido interpretam a banda sonora composta por John Williams para a saga Star Wars. Preços ainda não foram anunciados (até tenho medo).



Já tenho a lagriminha no canto do olho.

16 Comments:

At 6.1.10, Blogger Nuno Lobão said...

Se viesse o Howard Shore e a orquestra interpretar a banda sonora do Senhor dos Aneis isso sim é que era de valor...

 
At 6.1.10, Blogger tak said...

max richter ponto final.

 
At 6.1.10, Blogger José said...

Este comentário foi removido pelo autor.

 
At 6.1.10, Blogger José said...

Jan Hammer a tocar horas seguidas o Crocket's Theme da banda sonora do Miami Vice.

 
At 6.1.10, Blogger ::Andre:: said...

Neil Young sozinho em palco a tocar a banda sonora do Dead Man numa cave qualquer dum bar manhoso com buffet de whisky e cigarros.

 
At 6.1.10, Blogger Susana Quartin said...

Ah, vão passear. Star Wars é toda uma infância. Horas e horas e horas e horas (o jogo era enorme, foi pelo menos um ano) sentada a ver o meu pai jogar Jedi Knight: Dark Forces II (eu tinha medo de jogar single player hahahaha) e vários anos a jogar online <3.






E quem não reconhece a grandiosidade de alguns momentos da banda sonora é rabeta.

 
At 6.1.10, Blogger Tiago Esteves said...

Bem isto deve ser tão caro que perco logo a vontade de me meter nisto. Mas acho que n vou resistir....

 
At 6.1.10, Blogger Luís Pires said...

Star Wars é infinitamente superior ao senhor dos aneis (o simples facto desta amalgama de efeitos especiais baseada em bons livros a que alguns gostam de chamar filme ter ganho um único oscar não técnico é uma aberração) e tem a banda sonora mais épica de sempre.

 
At 6.1.10, Blogger José said...

Calma Susana... Eu até fui ver a estreia do Episódio I de propósito à Finlandia, vi as estreias de todos os outros (sim, até dos 3 primeiros) e a minha filha frequentou um curso de Jedi. E também tenho um sabre de luz a sério!

Só acho é este espetáculo um bocado... chato. Há uns 3 ou 4 anos, creio eu, houve um espetáculo na CdM em que uma orquestra interpretou os temas do John Williams com um maestro vestido de Darth Vader e a orquestra vestida de stormtrooper.

"E quem não reconhece a grandiosidade de alguns momentos da banda sonora é rabeta." Caramba!!! André! Duas vezes no mesmo dia é demais. Guarda lá a Wire!

 
At 7.1.10, Blogger ::Andre:: said...

LOL, ontem foi definitivamente o meu dia pseudo gay, mas é só porque estou solidário com a malta homo e a sua justa vontade de se casarem. Não sou o maior fã do Star Wars, só dei uma sugestão.

Por falar nisso, alguém gostou da banda sonora do Avatar? É que tirando o excelente espectáculo visual o filme não tem mais nada...

 
At 7.1.10, Blogger naSum said...

Eu adorei o filme Avatar

 
At 7.1.10, Blogger Crestfall said...

Concordo contigo Susna, Star Wars é toda uma infância, não apenas pelos filmes, gosto muito dos clássicos e vi-os várias vezes mas nunca vi os primeiros (novos) episódios. Gosto da aberração do Senhor dos Anéis e gostei do Avatar 3D, o 3D aqui é muito importante. Quanto ao Star Wars in concert... not for me.

 
At 7.1.10, Blogger naSum said...

NEEEEEEEEEEEEERRDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDS!!!!!

 
At 7.1.10, Blogger ::Andre:: said...

Como disse ao teu irmão, o Avatar é um Pocahontas meets Braveheart mas com um espectáculo visual de topo. Mas este filme sem o 3D, este filme em casa por exemplo, não vale muito, não é aquilo que se pinta por aí. Minha opinião, claro. E voltando à banda sonora, também achei bem fraca. O tema dos créditos então com aquela tentativa de chegar ao já fraquíssimo tema da Celine Dion do Titanic é um grande tiro ao lado.

 
At 7.1.10, Blogger naSum said...

O temas sinceramente nem ouvi, não dei importância. Estava espantado com o filme :) A mim não me desiludiu em nada, historia, efeitos, nada.

 
At 8.1.10, Blogger Crestfall said...

Tavas era colado na Na'vi.

 

Enviar um comentário

<< Home