01 julho, 2009

MBV confirmados

Não há volta a dar, a estreia dos My Bloody Valentine será num festival cujo palco partilhará com os Offspring, Fonzie e Tara Perdida. Ainda esperei que fosse algum erro, mas infelizmente é mesmo verdade.
Eu pergunto: será que a organização tem orgulho no alinhamento dos seus eventos ou facturar é o que realmente importa visto que Ana Free, 4taste e não sei que mais também fazem parte deste Rock One? E quem é o agente que aceita que a sua banda faça parte deste dia? É que mesmo nós a este nível underground temos que por vezes justificar as bandas de abertura.
Resumindo, o cachet deve ser enorme e quase que aposto que houve inflação do mesmo devido a guerra de promotoras (Música no Coração talvez). É pena que continuemos a ser este país de mesquinhos... Adoro a banda de Kevin Shields, mas vou considerar a minha ida. MBV ao vivo é ruído saído do eden e os pseudo-punks vão-me arranjar chatices. Caramba, tou mesmo chateado!

15 Comments:

At 1.7.09, Blogger Filipe said...

É mesmo triste, adoro a banda principalmente durante os ultimos dois anos tem sido presença continua nas minhas playlists, sem nunca me fartar, fico mesmo com pena de ser no festival que é e ainda de ser no mesmo dia de faith no more, se forem a horas iguais ou a de maneira a que não de para fazer uma corrida ate ao sudoeste vou mesmo optar por fnm o que me vai custar bastante. Pode ser que façam uma data em Espanha pertinho, quem sabe... Em termos de noticias musicais esta é aquela que mais me desiludiu a seguir a fantoshada que foi no ano passado aquele cartaz do saudoso Lagoa burning festival. Enfim 2 bandas que podiam estar no paredes de coura, alias era o unico sitio que fazia sentido, mas que infelizmente as nossas promotoras chulas como são nã tiveram em consideração isso, entao vá de chular os bolsos aos pobres dos coitados fãs, infelizmente é a realidade que vivemos. Como eu deve haver mais gente de coração partido, duas bandas excepcionais que revolucionaram o mundo da musica, em 2 festivais diferentes e com fãs em comum, mas uma triste cena para a nossa cena portuguesa.
Isto doi...

 
At 1.7.09, Blogger José said...

Vai é doer aos fãs de Offspring e Tara Perdida a "holcaust section" do You Made me Realise caso os rapazes se decidam pelos habituais 15 a 20 minutos da mesma. :-)
Para dizer a verdade, já nada me parte o coração.

 
At 1.7.09, Blogger Maléfico Patético said...

é daquelas coisas que nao se sabe bem se é para rir ou chorar.

pronto, esta é para chorar mesmo

 
At 1.7.09, Blogger Hugo said...

Acho que estão a exagerar. Podem sentir-se revoltados e tal porque gostariam de os ver aqui ou ali e noutras condições, mas alguém os trouxe, alguém pegou neles, alguém investiu, e deduzo que não os trouxeram por trazer. . . Também não gosto das outras bandas mas daí ao exagero do "comunicado". . .

 
At 1.7.09, Blogger ::Andre:: said...

Comunicado? Não leves o blog assim tão a sério que eu também não. Partilhei a minha opinião e quando dizes "os trouxe, alguém pegou neles, alguém investiu" isso ainda mais me revolta. Sim, alguém os vai trazer.... num festival de merda. Tenho dito.

 
At 1.7.09, Blogger ::Andre:: said...

A Ritmos (PdC) este ano tá-se a armar em vítima por falta de patrocinadores. É o pior cartaz dos últimos anos...

 
At 1.7.09, Blogger Hugo said...

"Comunicado" e não comunicado.

 
At 1.7.09, Blogger Alexandre Fernandes said...

Misturar "punk-morangos-com-açúcar" com música a sério num concerto é de quem se está a cagar ou não sabe o que faz.

 
At 1.7.09, Blogger first name said...

Well, parece-me um pouco redutor os fãs estarem chateados com quem está a partilhar o palco, se os suicidas aceitaram tocar é porque não é mau negócio ou ideia para eles.

Os fãs que vão, ouçam e fujam.

Isto esta cada vez mais conversas à revista MARIA, e tónicas/opiniões pessoais vs criticas mais isentas e neutras.

Um leitor amplificado cada vez menos frequente.

tc.

 
At 1.7.09, Blogger gangrena said...

Eu fiquei mesmo parva quando soube, confirmei umas quantas vezes se não seriam os Bullet For My Valentine e só me diziam "Raquel, face the thruth". Não faz sentido completamente nenhum, uma banda deste calibre estar nesse dia, ou nesse festival sequer, principalmente enquanto o Paredes de Coura está com aquele cartaz miserável e que de Paredes de Coura não tem nada. Enfim, fico à espera que pelo menos isto lhe dê ideia de regressar em nome próprio ou a um local mais decente, mas sinto que vai ter o efeito oposto, pois o público que os vai ver... enfim... *tristeza*

 
At 1.7.09, Blogger gangrena said...

E ah, eu não queria atribuir a culpa de PDC estar uma porcaria à Ritmos, André, eu diria mais Everything is New. Felizmente o contrato entre eles acaba este ano. Estranhamente o último PDC realmente decente, acho que foi o de 2005. Coincidências do caray.

 
At 1.7.09, Blogger Silva said...

Eu acho que é de louvar que finalmente alguém os traga até cá. Lamentável é que sejam tratados quase como um apara-livros do festival, do género "ainda podemos trazer mais uma banda, vamos ver a mais credenciada que pode vir e encaixamos no dia que tiverem livre". E que se lixe a coerência do festival. De certeza que havia muitas bandas disponíveis para fazer um dia que desse gosto ir lá. É que duvido que os pseudo-punks gostem dos MBV, e que o pessoal do shoegaze vá à bola com os LOLspring e afins...

Eu duvido muito que vá. Estou é bem arrependido de não ter ido ao FIBer em Madrid no ano passado. Uma salgalhada, mas esse ao menos tem a desculpa de ser um showcase...

 
At 2.7.09, Blogger ::Andre:: said...

first name, não estou aqui para entreter ninguém. Lamento que não acompanhes o blog com regularidade, mas não me incomoda nadinha. De qualquer maneira, obrigado pela tua crítica... construtiva.

 
At 2.7.09, Blogger ::Andre:: said...

Silva, é mesmo isso. É fantástico que finalmente venham, mas não nestas condições.

 
At 2.7.09, Blogger Tiago Esteves said...

Ganda tristeza..chego a ter receio da atitude do público que certamente não conhecem a banda e que podem tornar a actuação até estranha para a própria banda. Se acabarem como o holocausto sonoro de 20 minutos, então n sei como vai ser lol

felizmente vi-os o ano passado, e agr n fico com remorsos de n os ver

 

Enviar um comentário

<< Home