28 janeiro, 2010

iPad

A Apple é conhecida e reconhecida por estar constantemente a inovar o mercado, mas o que vos parece este novo tablet? Um brinquedo para quem pode (custará tanto como um portátil e não terá as mesmas funções) ou irá mesmo mexer com o mercado dos livros, jornais, tv, etc? Estará o iPad para estes mercados como esteve/ está o iPhone para a música?

17 Comments:

At 28.1.10, Blogger  said...

http://9gag.com/photo/17614_540.jpg

 
At 28.1.10, Blogger tak said...

nao é kindle nem portatil, é só inútil. pa camone ver.

 
At 28.1.10, Blogger tak said...

http://i47.tinypic.com/5n63af.gif

 
At 28.1.10, Blogger oaktree said...

Já o iPhone não me tinha convencido (capacidade de armazenamento diminuta, e quando avaria lá vai o telemóvel e o leitor de mp3) e este iPad continua a não me convencer. A tecnologia nem sequer é propriamente nova, por muito que a Apple nos queira fazer crer o contrário.
Lamento, mas há partes da minha vida que prefiro manter tradicionalmente orgânicas e sãs (ler livros em papel, ver cinema na tela, comprar discos nas lojinhas, sair de casa...), embora tenha a perfeita noção que caminhamos a passos largos para uma sociedade cada vez mais biónica, individualista e individualizada, onde tudo está à distância de um clique e os contactos entre pessoas reais (por oposição a avatares) são desvalorizados. E a Apple lá vai dando o seu alegre contributo para esta forma de vida isolada, em que cada um vive na sua bolha de plástico, e todos estamos ligados por uma enorme rede virtual e nada de palpável.
Próximo passo: Apple lança o iFeed, essa maravilhosa tecnologia controlada por uma inteligência artificial, que faz com que não tenhamos de mexer um dedo para tratar dessa tarefa tão fastidiosa que é a alimentação, e que nunca nos deixa sentir fome. Há quem lhe chame sonda gástrica, mas esta, como é da Apple, é muito mais à frente! :P
Tudo o que eu preciso da Apple para ser feliz é um iPod e um MacBook Pro, muito obrigada.

 
At 28.1.10, Blogger Frrreirezzzze said...

500$ é um bom preço para a tecnologia que envolve.
nao o considero inutil. não faz totalmente o que um netbook faz, mas para o que pretendo de um netbook, chega e sobra.
a comparação do iPad com um iPhone, iTouch ou iPod, não me parece fazer sentido. a ideia não é andar com isto no bolso.
prefiro muito levar isto para a faculdade para ler pdf's, do que andar com um portatil ás costas que pesa 2kg (pois nao tenho netbook). se der para usar uma "caneta", melhor. deixo de usar cadernos lol.

a parte de substituir os livros também não acho muito atractiva, mas a verdade é que o mercado dos ebooks cresceu imenso o ano passado. acho que se venderam mais ebooks o ano passado do que livros, nos EUA.

no meu caso vejo utilidade prática. e certamente não sou nem serei o único.

 
At 28.1.10, Blogger João Veiga said...

quer muita gente queira, quer não, a Apple faz com que muita coisa se desenvolva no mundo da tecnologia para todos. Eles sabem muito bem o que fazem em electrónica, acreditem :P

Parece-me bastante útil tbh. Tal o Frrrrrrrrzzzzzzzzzz disse, é óptimo para quem "precisa" de andar sempre com um portátil atrás só para ler pdfs ou info variada - tarefas simples - e dá muito mais jeito que palmtops ou telemóveis com internet, onde n dá para ver nada :P

E o preço é muito bom I guess. Agora vamos é ver se as outras empresas se esforçam para tentar combater isto :P

 
At 28.1.10, Blogger tak said...

não vai servir para livros porque eink ainda é a melhor tecnologia para isso. isto é só um touch screen que nao faz mais nada além de lhe poderem tocar.
a única boa notícia disto é q já se pode comprar um macbook sem ter medo que a apple lance algo mais avançado.

 
At 28.1.10, Blogger ::Andre:: said...

tak, cheira-me que tratas a Apple como um ódiozinho de estimação :)

Já a Xana contradiz-se toda e no fim acusa-se...rendida.

Comprei um Macbook Pro em saldo, o iPhone nem um euro me custou... Digamos que a Apple se está a apoderar de mim, mas a verdade é que é outro mundo. O iPhone então é como se andasse com o escritório no bolso...

 
At 28.1.10, Blogger ::Andre:: said...

Mas ler tou como a Xana, nisso sou mesmo tradicional. Não é que tivesse deixado de comprar música, o mp3 é um complemento, mas não compraria um iPad ou um Kindle em que um dos objectivos principais fosse as leituras.

 
At 28.1.10, Blogger Sergio said...

...é mais um gadget. Pode ter utilidade para algumas pessoas. Para mim, não estou a ver. Normalmente, as coisas que fazem são bem feitas... fica essa garantia.

 
At 28.1.10, Blogger oaktree said...

Olha!!... Agora contradigo-me... Bah para ti André! :P
Rendi-me à Apple há 6/7 anos atrás, mas estes novos produtos que eles têm lançado agora não me convencem de todo.
Comprei há 1 ano um telemóvel todo xpto por uma fracção do preço de um iPhone (convenhamos que não é toda a gente que consegue um iPhone a custo zero, não é Sr. André?), que faz tudo o que o iPhone faz, mais ainda e melhor, e que ainda tem todas estas mariquices do iPad de touch screen e sensores que alteram a orientação da imagem no ecrã consoante a posição do aparelho (o Sr. Jobs e companhia mentem com todos os dentinhos que têm quando dizem que isto é uma tecnologia inovadora. Talvez tenham feito alguns tweaks para a melhorar, mas está longe de ser novidade)... Gostei tanto de ter uma coisa tão xpto, que aqui há uns meses deixei de o usar e voltei ao meu antigo telemóvel, que nem câmara fotográfica tem.
Quanto a kindles, nunca na vida, e os iPods é para encher com música ripada dos CDs originais.
E não sei se sabes, André, mas a aplicação necessária para ler livros no iPad só está disponível nos EUA... Ah poizé! Lá se vai a hi-tequice toda pelo cano! :P

 
At 28.1.10, Blogger tak said...

Não tenho ódio nenhum a nada, só não percebo a hype pela apple cada vez que lançam algo que não inova nada.

Quanto a kindle/ereaders, não sejam tão rápidos a dizer que não, a verdade é que há livros que não dão jeito ler em lado nenhum. Um livro de 200g com o tamanho de letra que quiseres é muito bom. Já pa não falar da pirataria e do quão acessível é encontrar todo o tipo de livros.

Já tenho ereader, mas o kindle por muito bom que seja ainda sofre por DRM. Volta e meia podem-te tirar os livros sem dizerem porquê, tipo itunes e steam e afins.

 
At 29.1.10, Blogger João Veiga said...

Pois isso do DRM é que é o drama. Eu também não percebi muito bem o hype do iPad, mas pelos vistos os Mac-o-masturbadores já andavam todos malucos a inventar histórias acerca de um tal iSlate.

Também não compreendo o hype dos acelerómetros/giroscópios lol para isso há o novo comando da PS3 ou o genial Wii mote.

Outra coisa que me irrita muito na Apple é o iTunes fds que cena mais manhosa... Se calhar fui eu que nunca perdi tempo suficiente a explorar aquilo mas usei durante *muitos* anos o Winamp e qd mudei, foi para o foobar2000 (obrigado, Susana) :)

Bottomline:
iPod - <3 embora a rodinha do meu faça birra de vez em quando :(
iPhone - se tivesse de borla/barato, sure. Mas gosto de ter telemóveis simples com uma agenda/calendário decentes

Adorava ter um Mac Pro (ou os antigos Power Macs) para sentir o poder xD e um macbook claro para me armar em Simon Posford e andar por aí a gravar coisinhas aleatoriamente pela rua e tal... Um estúdio nómada :P

 
At 29.1.10, Blogger ::Andre:: said...

Entendo a expressão Mac-masturbadores (não me identifico though, nunca compraria nada a estes preços), mas é uma marca que sabe vender e é normal que hajam fãs de uma maneira especial que talvez as outras não tenham. É como gostar duma banda ou doutra coisa qualquer. A verdade é que são produtos bastante atractivos. Em relação ao iPad estou com o Sérgio. Quanto ao iPhone e nem sequer mencionando o super potencial depois de desbloqueado, há montes de aplicações que se adaptam às nossas necessidades. Podia continuar satisfeito com o meu Sony Erikson, mas não seria a mesma coisa.

 
At 29.1.10, Blogger Crestfall said...

I really don't care... For now.

 
At 29.1.10, Blogger tak said...

http://forums.somethingawful.com/showthread.php?threadid=3249872 pa quem tem conta :P

 
At 29.1.10, Blogger Rodolfo said...

a Apple inventou o SCSI e anos depois o Firewire... para o techie em mim isto bastaria para gostar deles.

a Apple não inventou os touch screen (nem nunca o afirmaram) o que "inventaram" pelos vistos foi o multi-touch em produtos reais que as pessoas usam... o multi-touch já existia em interfaces experimentais, que ainda hoje continuam experimentais...

o iPad não me convenceu até ao momento por causa da relação funções-preço, só por isso; de qualquer modo a ideia do iPad não era revolucionar o mundo (isso foi com os eMac e com os iPod) mas sim assegurar um segmento de mercado.

o hype em redor da Apple é sempre justificado a meu ver porque, de vez em quando, eles arrasam mesmo... são efectivamente uma das companhias que mostra ao mundo o que pode ser feito com dispositivos electronicos e quais os rumos que devem ser seguidos pelos demais :P

actualmente tenho um mac e um wintel e continuo a preferir os apples... o sistema operativo é superior (discutivel sim) e de longe mais intuitivo que qualquer outro que conheça - e conheço muitos, acreditem.

agora em particular sobre isto:

"E a Apple lá vai dando o seu alegre contributo para esta forma de vida isolada!"

... que visão tão pouco isenta... a Apple e os demais fabricantes de componentes electrónicos, e a maioria da comunidade científica, e ainda uma boa parte da industria de serviços... o problema da sociedade actual não é a Apple, nem o MySpace/Facebook, nem nenhum destes; o problema somos nós que preferimos ser assim e ter a vida facilitada em tudo, abandonando a vida "real" em detrimento de uma mais "virtual"

 

Enviar um comentário

<< Home