25 março, 2009

Um dia em Madrid com os Cult of Luna

"Hey, então tudo bem?
Finalmente tive algum tempo pra te contar como foi. Ainda bem que resolvi perguntar-te como era da viagem para lá...foi barato demais para aquilo que vi. Cult of Luna é algo de outro mundo. Ao sair do aeroporto foi fácil, o metro não tem mesmo nada que saber. Bem, lá cheguei à Sala Live que é muito porreira e o gajo tinha lá o meu nome na listinha graças a ti. Aquilo estava à pinha por isso não devia mesmo haver mais bilhetes. Cheguei lá e estava o Klas, o vocalista de Cult of Luna, a vender as t-shirts...eu comprei uma preta com a capa do álbum! Os Moho começaram às 21h30 e apesar de já ter ouvido algumas coisas deles não tava nada à espera de serem tão bons ao vivo. Surpreendeu-me muito mesmo, o baterista é muito bom e deram um bom concerto de 45 minutos com muita pujança. O público manifestou-se a favor. Lá para as 22h50 os Cult of Luna entram em palco. A entrada ficou um bocado àquem das expectativas porque eles começaram com a And With Her Came The Birds. A música é fofinha mas para ser ouvida com calma no Ipod...não num concerto. Mas pronto, correu bem até. O que vi depois disso foi a Sala Live ir abaixo! Uma setlist de sonho. Owlwood foi a segunda e que música. O Johannes a puxar pela voz...o Klas ficava sentado ao lado do palco, numas escadas, enquanto não era a vez dele de berrar. Seguiu-se a Following Betulas que foi igualmente fantástica, Dim para acalmar um bocado os ânimos...depois a Adrift e a Eternal Kingdom. Juro que se o concerto acabasse aqui já me dava por satisfeito porque foi muito intenso mas o melhor estava para vir. Depois de uma instrumental (Osterbotten acho) começaram os acordes da Leave Me Here. Passei-me! Em Coimbra não tinham tocado essa que para mim está no top 5 de músicas deles. Foi fantástico, um dos momentos da noite mesmo. Entretanto pararam um bocado, lá afinaram as guitarras mais uma vez e ouvia-se a Finland. Não estava a contar porque pensava que ia ser a última música e não poderia ser aquela. Foi igualmente incrível, é difícil actuar da maneira que eles o fazem...vê-se que estão a dar o máximo e que adoram aquilo que tocam. Com o acabar da Finland a banda saiu de palco e já estava a dar em doido...Então e a Ghost Trail??? Lá me fizeram o gostinho e subiram novamente o palco para tocar uma das melhores músicas que já ouvi até hoje. Não dá para dizer uma palavra que defina bem o quanto gostei deste final de concerto...foi arrasador...a parte final da música foi de um poder que me fez passar assim um flash dos melhores momentos do concertos. Sem pensar muito posso dizer que foi o melhor concerto que já vi até hoje e já vou a shows há muitos anos e vou a muitos até. Foi um sonho, superaram tudo aquilo que esperava ver e eu já esperava muita coisa. O mais desagradável foi o que aconteceu depois...ir dormir para o chão do aeroporto, mas fiquei a lembrar-me do grande concertão que vi e rapidamente chegaram as 11h da manhã e lá fui eu embarcar no avião para vir para o Porto. Queria agradecer-te mais uma vez pela ajuda, não sabia que ficava assim tão barato ir a Madrid e nem estava a pensar aparecer. Já sabia disto da Ryanair e das viagens low cost mas estava com um bocado de receio embora quando falei contigo disseste as coisas de forma tão normal que vi que ia correr tudo bem eheh. É mesmo muito fácil andar por Madrid...andei a pé por grande parte da cidade e vi que não havia nada para ter medo. Foi muito giro, espero repetir quando puder financeiramente e quando houver bandas agradáveis para ver. Bem, agora vou ver se ouço o novo de Mastodon que soube agora que já está pela net :P .
Obrigado e um abraço!
Victor Lima"

9 Comments:

At 25.3.09, Blogger prla said...

Concordo com tudo menos com a ideia que a sala Live estava à pinha... não estava, de todo, apesar de composta.

Também é verdade que fui lá ver os Cult of Luna e não fazia a mais pequena ideia quem eram os Moho. Mas digo agora, sem qualquer problema, que os Moho me arrebataram *completamente*. Que bandalhaço do carago!

Os CoL não surpreenderam porque já sabia que são muitíssimo bons, profissionais e competentes.

E não conhecia a Sala Live: awesome. Just awesome. Paguei foi 7 Euros por um Cuba Libre, mas pronto. Tasse.

(Ah e os The Haunted no dia seguinte na Sala Heineken também não foi nada de se deitar fora.)

 
At 25.3.09, Blogger ::Andre:: said...

Cult of Luna ao vivo é <3

 
At 25.3.09, Blogger Crestfall said...

Das 3 vezes que os vi tb foi sem <3. Viva as low cost!

 
At 25.3.09, Blogger ::Andre:: said...

Viva a Ryanair pá!!

 
At 25.3.09, Blogger André Forte said...

damn you, victor lima (com todo o respeito ^^)

eu que hesitei... fico a rezar para que venham tocar cá. Fiquei entusiasmado, com o texto.

 
At 26.3.09, Blogger tremulant said...

Nao sei a quem foi dirigido o texto..mas isto dava uma bela declaracao de amor...lolol

 
At 26.3.09, Blogger Quidam said...

também concordo que a sala não estava assim tão cheia como isso. gostava que tivessem tocado a "Dark City, Dead Man" mas adorei o concerto igualmente. Moho não achei nada por aí além... mas também queria mesmo era ver Cult Of Luna hehe

 
At 27.3.09, Blogger Catacombo said...

Eu cá já estou à espera do DVD que comprei na editora deles, pena o delay para final de Abril. Fuck!!!

 
At 30.3.09, Blogger ::Andre:: said...

Tá atento ao dvd, vê se encontras algumas caras conhecidas :P

 

Enviar um comentário

<< Home