10 janeiro, 2010

Swans are not dead! - Novo disco e tour

The song “Jim” recently added to the playlist is an acoustic demo (solo at home) recording by michael gira. this, and many other new songs recorded in the same way comprise many of the new (rough versions) of songs under consideration, to be fleshed out on the coming new swans album.

a cd of these acoustic versions, as well as a live (2 shows) dvd of m.gira will be for sale very soon as a hand made (by gira) package called I Am Not Insane (CD/DVD). this package – in a limited edition of 1000 - will be sold in order to raise money for the swans recordings/offset the huge costs involved... check back here or at http://younggodrecords.com for ordering details and more information...coming soon...coming soon...

principal players on the swans album are (and there will be many special guests):

Michael Gira - gtr / voice / mendicant friar act (original swans)
Norman Westberg – Guitar (original swans)
Christophj Hahn – Guitar (mid period swans and most angels)
Phil Puleo – Drums, percussion, dulcimer etc etc (final swans tour and most angels)
Chris Pravdica – Bass and gadgets (flux information sciences / services/ gunga din)
Thor Harris - Drums, percussion, vibes, dulcimer, curios, etc etc... (angels, now also with shearwater)
Ainda não caí em mim, confesso. Depois da histeria no momento em que vi alterada a imagem de todos os myspaces - AoL, Young God Records, M. Gira e Swans (o nome no myspace foi alterado para SWANS ARE NOT DEAD), adicionada a nova música...agora a confirmação escrita. Estou aqui parvinha sem saber muito bem como reagir. Até há pouco tempo (até ao comentário sobre uma possível tour numa entrevista há uns meses) Swans estavam ao nível de uns Pink Floyd na lista de bandas-geniais-que-nunca-vou-ver. Agora...agora vou começar a poupar dinheiro.

Em relação ao line-up, só estranho a não inclusão da Jarboe, mas pode ser que seja uma das special guests e simplesmente não queira interromper a carreira a solo. Comentários?

20 Comments:

At 10.1.10, Blogger António Matos Silva said...

é difícil ter uma opinião sobre isto. é claro que é muito bom, mas a avaliar pela Jim e pelo que o Gira diz no texto, estes Swans vão ser mais um mash-up de tudo o que o senhor tem feito a solo. Ou seja, muito folk e pouco noise e rock. é bom, mas parece que se aproveita mais do nome que outra coisa... vamos ver, mas para já a jarboe faz uma falta do catano.

 
At 10.1.10, Blogger Neuroticon said...

Muito sinceramente, e sendo um "huge Swans fan", não sei muito bem o que pensar disto...
Os Swans tiveram uma carreira imaculada e não me apetecia vê-los darem um tiro no próprio pé depois de estarem enterrados tanto tempo.
Talvez fosse melhor o Gira tocar umas músicas de Swans nos concertos (como faz), mas assim continuaria a não atrair atenção, right?
Com o nome Swans mais uma vez activo sempre se fazem mais uns trocos...
Os Swans existiram muito tempo sem a Jarboe, portanto não será um grande problema...
Se ela não quis entrar, daqui a uns tempos vamos ver quem foi mais sensato, ela ou o Gira...

Não sei o que dizer mais. São uma das melhores bandas de sempre, mas...

 
At 10.1.10, Blogger amebix said...

Conheci os Swans creio que em 2000 quando os Neurosis tinham unsl inks na pagina oficial para bandas que gostavam(e eram poucas as bandas ai colocadas),sendo que são uma banda que me marcou muito,sempre preferi o trabalho pos-swnas do Gira ao da Jarboe,mas aqui tou com o Neuroticon.
Fico com mais medo do que alegria,mas eu sou um daqueles chatos que acha que as bandas não deviam resuscitar,vamos ver se me fazrm dar o braço a torcer.

 
At 11.1.10, Blogger ::Andre:: said...

Estou convosco, não me parece que faça muito sentido...

 
At 11.1.10, Blogger Crestfall said...

Oh André, ainda há uns meses postavas sobre o desejo crescente do Gira de reavivar os Swans. Tb estou com a impressão que poder
a ser mais folk que outra coisa, mas não vale a pena estar a tirar conclusões antes de haver produto. A Jarboe não fazer parte da formação não é um ponto favorável :\

 
At 11.1.10, Blogger Susana Quartin said...

Por outro lado, a Jarboe não fazer parte da formação pode querer dizer precisamente que não vai "ser mais folk que outra coisa"...

 
At 11.1.10, Blogger Susana Quartin said...

Não espero nada na veia dos primeiros lançamentos, mas um disco como o Children Of God, com músicas como a New Mind (no dia em que ouvir esta música ao vivo.... nem sei <3) e depois, sei lá, You're Not Real, Girl...não sei qual é a preocupação com o folk/músicas calmas, não é como se Swans não tivesse músicas como as que o M. Gira andou a tocar a solo/com os Angels of Light.

 
At 11.1.10, Blogger Susana Quartin said...

Já agora, não tendo nada a ver, mas a título de curiosidade, sabiam que em 2007/2008 andou o Burning World à venda no MU durante não sei quantos meses?...por 8€? HAHAHAHAHA, eu quando vi aquilo nem quis acreditar. Fui buscar o cd em mão e o rapaz era muito simpático, mas não fazia ideia do que tinha na mão. Foi a pechincha da minha vida.

 
At 11.1.10, Blogger tak said...

it's all good.

 
At 11.1.10, Blogger ::Andre:: said...

Susana, o tipo nada fez mais do que uma bela tentativa de engate. Falhou?

 
At 11.1.10, Blogger Cisne said...

Desde a altura em que li aquela extensa entrevista do Michael Gira, e mandei um histérico mail ao André a citar aquela frase, nunca mais pensei que isto se pudesse realmente vir a realizar. Nunca mais pensei, porque, sinceramente, acho que cá dentro nunca quis. Sinceramente.

Quando os Swans anunciaram que estavam mortos, tinha eu oito anos e gostava dos Cartoons (aquela banda que se vestia de uma forma mesmo engraçada e que tiveram aquele single de sucesso planetário... até a minha mãe me acordou quase à uma da manhã para os ver quando foram à Roda dos Milhões com o Jorge Gabriel...).

Não sei se será bom isto acontecer, principalmente porque eles (Gira e Jarboe) disseram com todas as palavras "SWANS ARE DEAD", e agora, só o senhor Gira se chega à frente, naquilo que parece uma apropriação do nome. Não sei, não quero muito pensar que é uma questão de dinheiro, se bem que não é impossível. A YGR faz um belo trabalho de auto gestão, e o sr. Gira nunca escondeu que tem uma vida para sustentar.

Se for pelo dinheiro, que o usem bem.
Se gravarem um álbum, claro que vou comprar.
Se fizerem uma tour, claro que os vou ver.
Se for uma desilusão, sou bem capaz de chorar.

Quanto ao Burning World a 8€, comprei o meu na Louie Louie do Porto a 10€, novinho, há coisa de dois anos, para aí... Eheh, há assim umas coisas que não passam pela cabeça de ninguém. E nessa altura havia uma loja de Lisboa que o vendia através do eBay (não era novo) por 15USD, acho eu.

Se alguém tiver interesse num Kill The Child da primeira edição, ou num vinil do mítico Young God/I Crawled/Raping A Slave/This Is Mine, em boas condições, que apite :)

(É o meu primeiro comentário no blog, e venho cá todos os dias. Foi uma das minhas "New Year Resolutions" - vou tentar pertencer ao tasco! E, André, vou tentar arranjar um espacinho para ir a um ensaio e conhecer a malta, finalmente! :))

Abraços,

Cisne

 
At 12.1.10, Blogger tak said...

moços, até parece que a jarboe teve sempre nos swans. parem de chorar, desconfiem se vos apetecer, mas disto só vai sair mais música. o que é sempre bom.

 
At 12.1.10, Blogger Cisne said...

Este comentário foi removido pelo autor.

 
At 12.1.10, Blogger Crestfall said...

A Jarboe não esteve sempre nos Swans mas é como se sempre tivesse estado :p

 
At 12.1.10, Blogger Susana Quartin said...

Que blasfémia, Crest. Vai ouvir os primeiros discos. Não havia cá Godflesh-es e semelhantes se não fosse essa época Swans\Jarboe.

 
At 12.1.10, Blogger Susana Quartin said...

(Não estou a dizer que ela não foi um elemento essencial, foi, mas Swans existiu realmente sem ela, e não eram uma bandeca qualquer. Influentes desde o início.)

 
At 13.1.10, Blogger Rodolfo said...

ainda não ouvi tudo (que é como quem diz, não sei do que fala), mas deixo o link para audição do podcast que a Grande Loja norte-americana da OTO fez no qual entrevistam a senhora.

aqui:

http://cdn2.libsyn.com/wuelf2000/Thelema_NOW_Jarboe.mp3?nvb=20100113105319&nva=20100114110319&t=0a7c9724f33069b23c937

 
At 13.1.10, Blogger Crestfall said...

Blasfémia Susana?? naaaaa, a Senhora "apenas" não participou nos 2 primeiros discos :p Reafirmo o que disse, mas com isso não estou a afirmar que os Swans não existiram nem poderão voltar a existir sem a Senhora.

 
At 13.1.10, Blogger Carlos said...

Esta noite sonhei com uma tour com os Swans e os Godflesh.

 
At 15.1.10, Blogger Susana Quartin said...

Haha, isso era genial.

 

Enviar um comentário

<< Home