18 abril, 2011

Pen pal

Dias pertinentes estes. Continuo a comprar discos e ao mesmo tempo esses mesmos discos estão-se a amontoar ainda vestidos de celofane. Sei que não me estou a tornar um mero coleccionador pois só adquiro álbuns que realmente quero independentemente de ter ou não o resto da discografia da banda, da editora, da edição, etc. Podia dizer que os tempos são outros mas são-no há algum tempo, a mera razão do desabafo nasce pelo facto de ter perdido, há uma semana atrás, a minha pen de 8GB que me acompanha(va) diariamente no carro e na falta que ela me faz.

Pela facilidade de transportar dezenas de discos num objecto tão pequeno, não andar com os originais atrás de mim e entre outras razões, não nos escrevíamos mas tornamo-nos grandes pals. E eu esperei, esperei uma semana a ver se ela realmente aparecia e desisto aqui com este tópico onde vos pergunto: durante estes dias que no mundo virtual correspondem a meses de edições, o quê que perdi? Novo Battles, Grouper, Gustafsson com O’Rourke e Akita… Mais?

Porque há sempre um lado bom nas coisas más, imagino que quem a tenha encontrado seja um miúdo que neste momento esteja encantado com discos de The Skull Defekts, The Bug, Phoenix, Æthenor, Bohren und Der Club of Gore, Emeralds, Burial, Glenn Branca, Peter Evans, Kath Bloom, Wu-Tang Clan, Liturgy… Bem, encantado ou bastante confuso e assustado, mas prefiro acreditar que gostou tanto que nem a formatou.

3 Comments:

At 18.4.11, Blogger Neuroticon said...

Não estava mesmo pelo carro :p

O de The Skull Defekts tá mesmo altamente, sinto que ainda vai rodar muito por aqui ;)

Não te sabia apreciador dos Killa Bees :p

 
At 19.4.11, Blogger ::Andre:: said...

Tás a falar a sério? É um daqueles clássicos que recupero com facilidade :)

 
At 21.4.11, Blogger Neuroticon said...

Ahhaha... Não sabia mesmo!

Sabes que tenho ouvido cada vez mais hip hop, muito mesmo... Mas esse clássico ainda não me conseguiu agarrar...

Ouve o Illmatic e o The Low End Theory <3

 

Enviar um comentário

<< Home