11 maio, 2011

BAM! POW! COMICS!


Uma da minhas primeiras memórias completas e asseguradamente reais diz respeito à peregrinação semanal ao centro de saúde local. Sendo um petiz de tenra saúde, precisei de fazer um tratamento relativamente extenso (embora nada dramático) para tratar duma bronquite. Ora sendo o dito tratamento à base de vacinas e sendo o puto eu um coninhas inveterado, o choro já se ouvia na rua e geralmente só acabava depois da bruta da enfermeira sair da sala. Como compensação pelo tormento instaurado, era-me oferecido um livrito de banda desenhada no final de cada tortuosa sessão. Eventualmente ganhei alguma vergonha na cara e lá me deixei de choraminguices mas por essa altura o gosto pela BD já estava enraizado, de modo que continuei a pedinchar por livros do Pato Donald e do Pateta, que acabaram por ocupar grande parte da minha infância. Depois acabei por descobrir na biblioteca as colecções do Astérix e Lucky Luke (que continua a ser o gajo mais fixe de sempre) e também os comics de Calvin & Hobbes e Garfield, preenchendo muitas tardes das minhas excessivamente longas férias de Verão.

Já em 2004 e depois dum grande período de abstinência no que à 9ª arte diz respeito, deparei-me com o conceito de webcomics. Ao que parece, já andam em força pelas internetes desde o final da década de 90, mas por essa altura o meu tempo de dial-up era usado exclusivamente para sacar mp3 do mIRC e outros assuntos moralmente condenáveis. Como todo o restante trabalho criativo que encontrou o seu caminho até à Internet, a oferta tornou-se ridiculamente vasta. Por um lado, torna as boas comics mais difíceis de encontrar mas por outro permite a divulgação de trabalhos menos convencionais que de outra forma não conseguiriam atingir o seu público alvo. Já imaginaram o XKCD ou o Cyanide & Hapinness a serem editados no suplemento dominical do JN? Os próprios hábitos dos leitores estão a ser condicionados pelo facilitismo que a Internet proporciona na consulta de comics, hoje em dia já é possível consultar comics sindicadas como o Dilbert, podendo ser subscritas através de RSS a custo zero.
Capacidade técnica, bons argumentos, originalidade, humor negro, geekiness, sexo, há de tudo para todos. Partilho aqui alguns que acompanham o meu café matinal (Google Reader, I love you).

Questionable Content: Música indie, relações amorosas, entre outros problemas do nosso quotidiano. Punchline garantida.
Girls With Slingshots: Cactos falantes, gatos fantasmas, sex-shops, decotes, muito álcool.
Saturday Morning Breakfast Cereal: Geekiness abunda. Das minhas favoritas.
Menage a 3: Fiel à estética anime, tudo anda à volta do sexo.
Savage Chickens: Galinhas desenhadas em post-it.
SUBNORMALITY!: Deambulações filosóficas com um toque de humor negro.
The Abominable Charles Christopher: Segue as desventuras da besta Charles Christopher.
Sin Titulo: Gostaram do Lost? Apostem neste então.
The Perry Bible Fellowship: Das melhores de sempre, agora inactivo, mas com um extenso arquivo disponível para consulta.

Se tiverem mais sugestões, atirem.

7 Comments:

At 11.5.11, Blogger João Veiga said...

Menage a 3 é das poucas que sigo mesmo regularmente hehe


Abstruse Goose (abstrusegoose.com) - para quem gosta de XKCD ou SMBC, os lols são garantidos e valentes

Oglaf (oglaf.com) :P este último tem dias bastante gráficos, mas é muito bom lol

 
At 11.5.11, Blogger Pedro Nunes said...

Obrigado pelas sugestões.

Pedro Nunes

 
At 11.5.11, Blogger tak said...

meh... um post de webcomics sem Achewood.
picturesforsadchildren e Nedroid também são muito boas.

 
At 11.5.11, Blogger priscilla fontoura said...

é agora que o meu google reader vai explodir com tanta coisa! e memes? http://memebase.com/

 
At 11.5.11, Blogger Saviola Braguesa said...

Sinfest. É muito bom.

 
At 11.5.11, Blogger MaryM said...

@joão: também leio o oglaf! Tem algumas strips one-off geniais. O enredo em si é que por vezes torna-se difícil de seguir.

@Saviola: O sinfest tem o handicap de ainda não ter RSS pelo que só leio quando me me lembro. Fora isso, é muito bom.

Obrigado pela restantes recomendações, vou dar uma olhadela.

 
At 11.5.11, Blogger Susana Quartin said...

O Doghouse Diaries tem grandes momentos: http://www.thedoghousediaries.com/

 

Enviar um comentário

<< Home