04 fevereiro, 2011

Porquê que a cada álbum novo as bandas dizem sempre a mesma coisa?


The music on it feels different than anything else we've done before and we're very excited for you to hear it.

15 Comments:

At 4.2.11, Blogger Tiago Esteves said...

realmente e sempre a msm lenga lenga lolol

 
At 4.2.11, Blogger  said...

Ainda a semana passada tive a relembrar a estreia. O post-rock já está em fase de expiração mas a música destes gajos continua refrescante.

Dentro da mesma onda, também ando a gostar do novo de Del Rey.

 
At 4.2.11, Blogger ::Andre:: said...

Fazem-me lembrar as flash-interviews com os jogadores de futebol...

 
At 4.2.11, Blogger LuKcho. said...

ahaha é verdade.

 
At 4.2.11, Blogger ::Andre:: said...

Zé, não querendo com isto tirar qualquer mérito aos EITS.

 
At 4.2.11, Blogger Filipe Santos said...

"Sim, penso que jogamos bem. Sim, penso que a equipa esteve forte. Sim, marquei golo mas o que interessa é a equipa. Sim, sim sim sim sim sim sim sim penso penso penso penso penso que que que que que que!"

É o bordão dos músicos!

 
At 4.2.11, Blogger João Veiga said...

porque no dia em que eles acharem que o que fizeram não é nada de diferente em relação ao antigo, é sinal que a inspiração se foi :P
e porque depois de meses de gravação, a tocar o mesmo horas e horas seguidas, ainda bem que ficam contentes com o resultado final, depois de uns dias de descanso :P

é tal e qual como as flash interviews realmente xD lolol

 
At 4.2.11, Blogger jorge silva said...

e ainda há o clássico "o nosso novo álbum está mais melódico e ao mesmo tempo mais pesado"...

 
At 4.2.11, Blogger LuKcho. said...

"O álbum mais pesado que fizemos até à data."

 
At 4.2.11, Blogger Tiago said...

às vezes é verdade. :p
custa-me a crer que não vá ser bom depois de 4 anos sem editar. mas lá está, não quer dizer que seja diferente de tudo.


Jorge, isso lembra-me do último dos Isis, por acaso era mesmo verdade.

 
At 4.2.11, Blogger andré vieira said...

Este comentário foi removido pelo autor.

 
At 4.2.11, Blogger andré vieira said...

Paleio de banda que acaba de lançar o quinto álbum e está cheia de papel no bolso: "sentimos que precisávamos de dar um passo em frente. Fizemos este álbum, sobretudo, para nós. Se os nosso fãs gostarem tanto melhor"

Paleio da mesma banda ao sexto álbum, depois do anterior ter sido um flop de vendas: "sentimos que precisávamos de voltar as raízes. Nunca fizemos nada tão pesado. Este álbum agradará, sobretudo, os fãs mais antigos".

 
At 4.2.11, Blogger Saturnia said...

Há bandas intemporais outras não...

 
At 5.2.11, Blogger jorge silva said...

Tiago: às vezes há um caso ao outro que consegue ser verdade (felizmente), mas no geral já sabemos como as coisas correm... eu é que geralmente fico logo de pé atrás quando vejo alguma entrevista com a frase "as partes melódicas estão mais melódicas e as partes pesadas mais pesadas". Ah, e também quando, como o André Vieira disse, decidem voltar "às raízes" (aí é que costuma cheirar a esturro!!!)

 
At 6.2.11, Blogger DL3 said...

http://dl3mashael.blogspot.com/2011/02/and-they-say-hes-bad-mercy-messenger.html

 

Enviar um comentário

<< Home