02 fevereiro, 2011

Vitinho

Lembram-se do Vitinho? Ó nostalgia... Faz hoje 25 anos a personagem que a grande parte de nós nos dava as boas noites. Lá em casa era via Grundig Super Color castanha, toda a gente tinha uma dessas. Hoje em dia são raras as noites que o ritual não seja sonoro, mesmo que o cérebro entre em modo REM passado três minutos. Mais alguém? Ou preferem ler/ ver tv?

6 Comments:

At 2.2.11, Blogger Neuroticon said...

Lembro-me perfeitamente! Era o meu melhor amigo ;)

Eu sou apologista da música como banda sonora. Todas as noites adormeço com música, desde Bowie a Converge, de Eno a Burzum...
O silêncio é ensurdecedor!

 
At 2.2.11, Blogger ::Andre:: said...

Já alguma vez foste para um sítio completamente deserto ali para os lados do meio do nada? O silêncio é tal que a experiência é quase física, o teu corpo sente a falta de algo..

 
At 2.2.11, Blogger Neuroticon said...

Só as semanas que passava em Vila Pouca de Aguiar quando era mais novo... Ao terceiro dia era realmente doloroso... Mas gostava de ser menos dependente do ruído, sem dúvida...

 
At 2.2.11, Blogger tak said...

Sempre que vou a casa André :P

Desde puto que só consigo adormecer a ouvir música, péssimo hábito, mas que se lixe. É aproveitar enquanto há electricidade pa gastar.
Também tinha uma almofada e um boneco do vitinho, o boneco tirei da máquina do gancho.

 
At 2.2.11, Blogger João Veiga said...

uhm... eu gosto de adormecer no "silêncio", com os sons da rua, dos vizinhos... (ok, há quem sofra com isto dos vizinhos, mas eu nunca tive essa infelicidade xD)
Isso e o ronronar/ressonar do gato :P

Mas gosto sempre de procurar o meu zen a ouvir musiquinha e depois seguir para a caminha e organizar os pensamentos :P

 
At 2.2.11, Blogger Neuroticon said...

Outra coisa que os putos de agora nem devem saber o que é... a "máquina do gancho" :DDD

 

Enviar um comentário

<< Home