24 maio, 2011

Making of de um poster

Neste pequeno texto indico apenas algumas linhas pessoais que sigo na construção de uma peça gráfica, neste caso de um poster.

O início de um poster surge com o conceito. O conceito é dos pontos mais importantes para a criação de uma peça gráfica. Para criar um poster podemo-nos basear no universo da banda, ou então criar algo mais abstracto, há que criar algo que faça captar a atenção das pessoas. Chamar a atenção, despertar o interesse e causar desejo são lemas a usar para fazer algo apelativo.
Neste caso baseei-me no universo da banda, que ilustra a sua música com imagens espirituais e religiosas. Utilizei uma imagem de um dos álbuns e adicionei outra imagem antiga dentro do contexto imagético da banda.




Há que ter em atenção os elementos a usar, como a cor, os tipos de letra, as imagens (sejam ilustrações ou fotografias ou então desenho vectorial) e as formas.
É necessários conjugar todos estes elementos para que combinem uns com os outros, os tamanhos a localização, a cor e a forma destes elementos são necessários para o equilíbrio do trabalho final.


Neste poster inseri formas abstractas sobre as imagens, o objectivo é personalizar o trabalho final, dar-lhe um toque que o faça destacar-se.


Para dar um ar antigo e gasto do poster , nada como inserir texturas.

Na parte final aparece o texto, este deverá ter uma disposição harmoniosa com os restantes elementos, de preferência podemos fazer um alinhamento com outros elementos. Há que ter especial cuidado com a escolha dos tipos de letra e da cor dos mesmos.


Este processo nem sempre começa da mesma maneira, pode muitas vezes começar pela disposição do texto, ou pela construção de formas geométricas, ou pelas imagens, a intuição é muito importante e por vezes guia o processo.

Os objectivos finais passam por fazer uma peça bonita (lado estético) e informativa (lado funcional).

11 Comments:

At 25.5.11, Blogger naSum said...

Nice :) Eu por acaso interesso-me bastante por esta parte do design. Interessante teres feito um post assim.

 
At 25.5.11, Blogger ::Andre:: said...

Os nossos posters, quer se goste ou não, são sempre feitos por designers como o Hélder cuja perspectiva e conceito está sempre presente. Para nós o poster é um complemento visual do concerto e trabalhar com malta assim dá gozo.

 
At 25.5.11, Blogger Tiago said...

Por mim falo, não há como não adorar os teus posters, Hélder, e depois ter bilhetes bonitos em casa para poder olhar para eles quando quiser, também dá gozo. :)

 
At 25.5.11, Blogger ::Andre:: said...

Tiago, agora imagina as nossas casas cheias de posters nas paredes :)

 
At 25.5.11, Blogger Tiago said...

Também! Infelizmente só lá tenho o de Wolves in the Throne Room.

 
At 25.5.11, Blogger Sartorialista said...

Compro este cartaz e os outros todos :D

 
At 25.5.11, Blogger Rodolfo said...

(hint) se calhar está na altura de editar um livrito com os posters...

 
At 26.5.11, Blogger Susana Quartin said...

Que engraçado. Não dá para ver todas as imagens em grande?

(A ideia do Rodolfo é muito interessante.)

 
At 28.5.11, Blogger Hélder Costa said...

Susana, tentei pôr as imagens em grande, mas deu erro, se pretenderes envio-tas por e-mail.

Em breve exposição, posters e ilustrações para venda

Obrigado a todos pelas palavras simpáticas :)

 
At 1.6.11, Blogger Nostrovia said...

Muito bonito mesmo :) Tenho de fazer posters para umas conferências que vou realizar, mas esse género de posters são muito formais e "feiinhos" ;( Tenho sempre alguma dificuldade em construir algo que tenha de (cor)responder à expectativas e estéticas de outros, visto que se dependesse de mim seria mais fácil :P Talvez me possas dar umas dicas...

 
At 1.6.11, Blogger Hélder Costa said...

Nostrovia, mostra-me o que tens feito e talvez te possa dar umas dicas, envia-me e-mail

 

Enviar um comentário

<< Home