14 junho, 2011

Noites Faaaantásticas!

Sendo um noctívago e apaixonado pela NBA, foi-me aprazível acompanhar as eliminatórias que a sporttv cobriu pela madrugada fora. E se de um lado acompanhava os Dallas Mavericks, do outro lado torcia pelos Miami Heat. Foi, portanto, com grande entusiasmo (e surpresa), que vi ambas as equipas avançarem, implacavelmente, até à grande final. Pelo caminho ficaram alguns dos presumíveis finalistas, como é o caso dos Boston Celtics, San Antonio Spurs, L.A. Lakers e os Chicago Bulls. E se Miami Heat podia orgulhar-se de ter no seu plantel estrelas do mais alto calibre (Chris Bosh, Dwyane Wade e o incontornável LeBron James), Dallas apresentava uma equipa muito sólida e experiente (contando com jogadores como o Dirk Nowitzki, Jason Kidd e Jason Terry). Miami Heat representava a força da técnica, Dallas Mavericks caracterizava-se pela técnica da força. E na final assim foi. Confesso que esperava bem mais garra do conjunto de Miami, em contraste com a equipa de Dallas, que teve nos infalíveis triplos de Jason Terry e José Barea, na qualidade do passe de Jason Kidd, na disponibilidade física de Tyson Chandler e nos característicos lançamentos de Dirk Nowitzki, argumentos mais que suficientes para vencerem os Miami Heat por 4-2. Mas estou convencido que, caso Miami continue a trabalhar com todo este elenco ao seu dispor, possam ser os próximos campeões da NBA.

E vocês? Também seguem o melhor basquetebol do mundo?   

5 Comments:

At 14.6.11, Blogger André Forte said...

o dirk estava a merecer a alcunha. aquilo que o homem fez nos jogos todos estava a ser, mesmo ridirkulous.

até me surpreendeu que a primeira parte do Game 6 lhe estivesse a correr tão mal.

 
At 14.6.11, Blogger paulinho said...

os miami para ganharem mais um titulo precisam de mais jogadores. não têm um poste decente e os bases deixam um pouco a desejar. os dallas usaram em quase todos os jogos 11 jogadores (a excepçao foi o stojakovic). mais equipa e mais experiencia, foi o que fez a diferença nesta final.

 
At 14.6.11, Blogger zé pinho said...

O desporto é feito de equipas, não de jogadores. É bem feito para o lebron que tão adorado era em cleveland, é bem feito para o wade que teve a hipótese de ir para chicago, sua terra natal e sua equipa de coração e acabou por não ir porque com bosh/wade/lebron era fácil ganhar o campeonato. É uma vitória do espirito de equipa e já bem merecida para jogadores de topo como o dirk e o kidd. Parabéns a dallas :)

 
At 14.6.11, Blogger zé pinho said...

e continuo a dizer que o melhor basquetebol é o europeu. vejam agora a final da liga espanhola. não é metade do espetáculo, mas para apreciadores do basquetebol por si mesmo é uma delícia ver o barcelona jogar. defende-se muito mas muito mais, joga-se muito mais em equipa.

 
At 15.6.11, Blogger paulinho said...

os jogadores americanos têm outra compleiçao fisica e isso tem implicações no jogo. também jogam para o espetaculo, mas isso é uma das razoes porque tanta a gente o vê.

 

Enviar um comentário

<< Home