01 julho, 2011

Vamos fechar o semestre?

Que álbuns vos arrasaram, que discos vos desiludiram, surpreenderam, que andaram em loop durante semanas e meses, que temas vos arrepiaram, que rodela levaram para casa só pelo artwork, que top fariam agora se afinal o mundo não acabasse em 2012 mas sim já neste semestre.
No fim, façam um parágrafo e partilhem também os concertos, os livros e os filmes que já fazem deste zero onze um ano especial.

Por aqui, não respondendo às perguntas em cima mas sim em jeito de recomendações para o fim-de-semana, roda o último e introspectivo do(s) Asva, o EP Shadowland dos Barn Owl, o para-sempre-em-loop Escape Velocity dos Zombi, Blown Realms And Stalled Explosions dos enormes Enablers, One Nation de Hype Williams, a ascensão dos Jesu, o melhor Type dos últimos tempos que é este Love is a Stream do Jefre Cantu-Ledesma, o novo 7” de Prurient, Fire! com Jim O’Rourke a crescer imenso, e Turbina Anthem de Pedro Gomes e Sei Miguel.

6 Comments:

At 1.7.11, Blogger Valter said...

O novo de zombi está mesmo muito bom, arrisca-se a ficar no meu top final de 2011
De resto gostei bastante do novo de Young widows, do longa duração dos Oathbreaker e do ultimo dos killimanjaro dje, de certa maneira o novo de cave in surpeendeu-me, ainda o tenho que digerir melhor, entretanto tenho andado viciado em Causa sui, l'enfance rouge, graveyard e touché amoré

 
At 1.7.11, Blogger Ocelot said...

Desilusão das grandes até agora foi o Angle dos Strokes. Após 5 anos de hiatus, era suposto lançarem algo BEM melhor.

Sobre o que tem arrasado por estes lados: O Wars of the Roses dos Ulver, Welcome to my DNA de Blackfield e o Let England Shake da PJ Harvey... por enquanto estes são os meus favoritos de 2011. No que toca a musica nacional, estou a adorar o Onyx dos Ava Inferi

 
At 2.7.11, Blogger tak said...

obligatory grouper post

 
At 3.7.11, Blogger Tiago Esteves said...

Assim de repente, os álbuns novos de PJ Harvey, Mamiffer, Light Bearer, Vivian Girls, Battles, The Skull Defekts, Bill Callahan, Liturgy, Deafheaven, Fucked Up e o de Zombi, são das melhores coisas que me lembro de ter ouvido este ano.

(ainda só ouvi 2 vezes, mas claramente o novo de Asva tb pode ser adicionado a este lista. A faixa Presences of Absences é impressionante...)

 
At 4.7.11, Blogger Neuroticon said...

Welcome To My DNA? Eu achei um atentado á música! Completamente desinspirado e desinteressante...

 
At 5.7.11, Blogger ::Andre:: said...

Ocelot, nem digas nada...

Valter, vou procurar o novo Cave In.

 

Enviar um comentário

<< Home