10 setembro, 2010

boy

O caso Casa Pia já não abre telejornais, já não ocupa primeiras páginas…é como se estivesse resolvido. Oito anos depois, espero sinceramente que ainda estejamos a presenciar o início, todos sabem0s que há mais a fazer e nem sequer me refiro apenas aos casos de pedofilia.

Ficou provado que a nossa justiça treme e arrasta-se quando um caso envolve figuras públicas (Casa Pia, Freeport, Apito Dourado, Face Oculta…) e cede e ignora perante as influências (ler exigências) partidárias; que afinal sempre há uma justiça para os Cruzes e outra para os Bibis; que os condenados cumprirão a pena cá fora através de recursos atrás de recursos até que o seu prazo prescreva; e que em Portugal a pena para uma burla é mais pesada que traficar, explorar e violar crianças. Enfim, este país e todos os seus serviços públicos estão tão descredibilizados que já ninguém os confia. Que a nossa geração se sinta inspirada por pessoas como Felícia Cabrita.

Em cima, como curiosidade, as capas da versão europeia (esquerda) e americana (direita) do Boy dos U2. Porque será?

4 Comments:

At 10.9.10, Blogger Scometa said...

Não me parece que houve uma justiça para os Cruzes e outra para os Bibis. Aliás, o Bibi foi o único dos arguidos contra o qual haviam provas sólidas de abusos, e não teve pena máxima por "colaboração" com a justiça.

Porque razão está a demorar tanto a aparecer o acordão com as alegações finais para a condenação dos arguidos? Problemas informáticos? Fuck me not

 
At 11.9.10, Blogger priscilla fontoura said...

estou viciada no site do CC

 
At 11.9.10, Blogger Mafarrico said...

lololol

 
At 11.9.10, Blogger Mafarrico said...

Este comentário foi removido pelo autor.

 

Enviar um comentário

<< Home